segunda-feira, 12 de abril de 2010

Números históricos!

Fora do Campeonato Paulista, o Corinthians se volta exclusivamente para a Taça Libertadores. Nesta quarta-feira, contra o Racing-URU, às 21h50m (de Brasília), em Montevidéu, o Timão tem a chance de praticamente se garantir nas oitavas de final. Dono do melhor aproveitamento de todo o torneio neste momento e também da melhor campanha de sua história, o Alvinegro leva para o país vizinho um retrospecto que pode deixar a Fiel tranquila sobre um bom resultado.



Em oito participações na competição internacional, o Corinthians enfrentou três times uruguaios e não perdeu. Em 1991, empatou com o Bella Vista por 1 a 1 e venceu o Nacional por 3 a 1, em Montevidéu. Em São Paulo, goleada por 4 a 1 e empate por 0 a 0, respectivamente. Depois disso, o Timão pegou o Boca Juniors-ARG, nas oitavas de final, e foi eliminado.


Os uruguaios reapareceram no caminho alvinegro outra vez somente em 2003. Fora de casa, o Corinthians bateu o Fênix por 2 a 1 e goleou por 6 a 1, na capital paulista. O Timão avançou da fase de grupos, porém, novamente, caiu nas oitavas de final diante de um argentino, agora o River Plate.


Um outro bom resultado em Montevidéu deixará o Corinthians em uma situação bastante cômoda na classificação do Grupo 1. O Timão lidera a chave, com dez pontos, três a mais que o Racing, e tem também o melhor aproveitamento de todo o torneio, com 83% dos pontos (três vitórias e um empate). Em seguida, estão Alianza Lima-PERU, com 80%, e Once Caldas-COL, com 73%, ambos com cinco jogos já disputados. Na rodada final da primeira fase, o Alvinegro recebe o Independiente Medellín-COL, dia 22, no Pacaembu.

- Para mostrar que nós queremos vencer a competição, temos que ganhar os dois jogos. Contra o Racing vai ser mais difícil, mas vamos para o Uruguai para conseguir a vitória. Dá mais confiança e seria importante para o clube. Temos que ser o time exemplo dessa primeira fase – afirmou o lateral-esquerdo Roberto Carlos.



A boa campanha em 2010 já é também a melhor entre todas as participações do Corinthians na Libertadores. O desempenho que mais se aproximou foi em 1996, quando a equipe obteve, em quatro jogos, três vitórias e uma derrota. O Timão foi o primeiro colocado na chave que ainda tinha Botafogo, Universidad de Chile e Universidad Católica-CHI. Nas oitavas, o clube passou pelo Espoli-EQU, mas acabou eliminado pelo Grêmio, nas quartas.


- Todo mundo dá o Corinthians como favorito. Então, todos vão fazer o melhor jogo da vida contra nós. Temos que estar preparados para as dificuldades – completou Roberto Carlos.

sábado, 10 de abril de 2010

Dentinho ganha placa pelo gol dez mil do Timão e doa pé de chuteira para leilão!

Dentinho recebeu do Corinthians uma placa pelo gol dez mil da história do clube, marcado pelo atacante, no dia 14 de março, contra o Santo André, na Arena Barueri, pelo Campeonato Paulista. O jogador aproveitou para abrir leilão de um dos pés da chuteira que calçou naquele dia.



Os lances, iniciados R$ 1 mil, estão sendo feitos pelo site oficial do clube (www.corinthians.com.br). Todo o valor arrecadado será revertido para o Instituto Reciclar, que trabalha com a reciclagem do papel coletado em toda Grande São Paulo.


Dentinho, porém, só fez uma exigência: ficar com um dos pés da chuteira para guardá-lo em seu museu particular. Curiosamente, o atleta guardou o esquerdo, o mesmo usado para fazer o gol diante do Ramalhão.


Para o museu irá também a placa recebida pelo feito alcançado. O objeto trazia a seguinte frase: “Poucos na história simbolizariam tão bem o gol 10.000. Filho do terrão com orgulho, alegria de menino, futebol de gente grande e raça de Corinthiano. Parabéns, Dentinho!”

quarta-feira, 17 de março de 2010

‘Guerra’ anunciada!

O estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, recebeu esse nome em 1974 como homenagem aos soldados que lutaram na guerra do Chaco, contra a Bolívia. E é nesse clima de “guerra” que o Cerro Porteño espera o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h50m, pelo Grupo 1 da Taça Libertadores da América.



- Se for necessário e eu tiver que dar pontapés em Roberto Carlos, eu vou dar, porque são pontos importantes em disputa – declarou o volante Jorge Brítez à rádio 780 AM.

Lanterna da chave, com apenas um ponto, El Ciclón, como é conhecido no Paraguai, precisa desesperadamente da vitória para manter chances de classificação às oitavas de final. O cenário para o Corinthians, por outro lado, é mais confortável. A equipe brasileira lidera o Grupo 1 com quatro pontos em duas partidas.


É por essa tranquilidade que o lateral-esquerdo Roberto Carlos, alvo dos paraguaios, dá uma resposta às ameaças e uma dica aos companheiros.


- Nós não nos preocupamos muito com o ambiente. Se eles têm o pensamento de ganhar, a primeira preocupação é jogar futebol. Não adianta violência ou agressão. Não podemos entrar na catimba. Vamos jogar o nosso futebol brasileiro de sempre, com inteligência e alegria, que o resultado vai aparecer – falou o lateral-esquerdo.


Corinthians e Cerro Porteño se enfrentaram apenas duas vezes na história. Ambas pela primeira fase da edição de 1999 da Libertadores. No Pacaembu, o Timão aplicou uma goleada de 8 a 2, com cinco gols de Fernando Baiano, atualmente nos Emirados Árabes. Na volta, em Assunção, o Cerro se vingou, mas venceu “apenas” por 3 a 0.

terça-feira, 16 de março de 2010

Deco no Timão Será?

Deco recebeu nesta terça-feira o apoio do técnico Mano Menezes para voltar ao Corinthians. Depois de o meio-campista falar abertamente que pretende deixar o Chelsea-ING e regressar ao futebol brasileiro após a Copa do Mundo, o treinador elogiou a qualidade técnica do jogador, mas prefere deixar a decisão para a diretoria do Timão.



- É um grande jogador, fez uma carreira internacional muito significativa e é dispensável falar da condição dele. Temos que ver se essas coisas são viáveis em um outro campo. Dentro de campo, sempre tem lugar para um grande jogador como ele – afirmou o comandante alvinegro.


Andrés Sanches, presidente do Corinthians, nunca escondeu que também gostaria de ver Deco vestindo a camisa alvinegra novamente. O jogador iniciou a carreira nas categorias de base do Timão, mas teve poucas oportunidades e acabou se destacando apenas no Porto-POR.

Desta vez, o nome dele ganha força pela possibilidade de o Corinthians inscrever mais três jogadores nas oitavas de final da Taça Libertadores, em alteração feita pela Conmebol no regulamento. Como o Timão possui boas chances de avançar (lidera o Grupo 1), o clube estuda preencher os lugares com atletas que já estão no grupo ou buscar peças no mercado.



- Vamos esperar mais um pouquinho. Você pode mudar meio time: inscrever três e alterar outros três. Acho que isso deveria ter sido decidido no início da competição para fazermos um planejamento diferente. Mas o futebol exige uma capacidade de adaptação rápida. Temos que usá-la, levando em consideração aquilo que se está fazendo. Certamente, não teremos uma modificação tão radical – acrescentou o técnico.


Em entrevista a Galvão Bueno, no último domingo, no Esporte Espetacular, da Rede Globo, Deco reafirmou o desejo de atuar pelo Alvinegro outra vez. No entanto, lembrou que pode aceitar convites de outros clubes caso não receba uma oferta do Timão. O jogador tem contrato até julho de 2011 com o Chelsea, que ainda não se posicionou sobre liberá-lo antecipadamente.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Amado pela Fiel e adorado por Mano, Jorge Henrique não se vê titular absoluto!

Sem alarde, Jorge Henrique se transformou em um jogador indispensável ao Corinthians. Decisivo no ataque e fundamental no esquema tático do técnico Mano Menezes, o Baixola, como é chamado pelos companheiros, conquistou seu espaço na equipe e o carinho da torcida. Mas, mesmo depois de ser ovacionado pela Fiel por mais um gol no Campeonato Paulista (assista), na goleada por por 4 a 0 sobre o Sertãozinho, o atleta não acredita que tem vaga assegurada como titular.



- Fico muito satisfeito com o carinho da torcida, mas sei que preciso ter humildade. Ainda não sou titular absoluto. Se eu não jogar bem, o Mano vai dar oportunidade para outro. Temos um elenco muito forte - afirmou.


No que depender do discurso de Mano Menezes, Jorge Henrique pode ficar tranquilo quanto sua posição entre os 11 titulares que enfrentarão o Racing-URU, dia 24 de fevereiro, no Pacaembu, pela primeira rodada da Taça Libertadores. Além da obediência tática, o treinador elogia também o crescimento do poder de decisão do atacante


- O Jorge se tornou mais decisivo desde a última temporada. Ele é um jogador muito comprometido, o que o torcedor e o treinador adoram, e agregou esse poder de decisão. O técnico também está satisfeito. Não dá para não gostar - ressaltou o comandante.


Jorge Henrique, aliás, já é o artilho do Corinthians no Paulistão 2010, com três gols (nenhum outro jador do Timão marcou mais de um até o momento). O goleador máximo é Neymar, do Santos, com seis.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Ronaldo fará preparação para a estreia de Libertadores!

Mesmo com a derrota para a Ponte Preta na última quarta-feira, e a nítida falta que Ronaldo faz à equipe, o técnico Mano Menezes praticamente descartou a possibilidade de Ronaldo voltar ao time do Corinthians na partida contra a Portuguesa, no dia 13.



- Provavelmente não. Com essa pequena lesão, tivemos de modificar o planejamento para a utilização dele. Mas uma pequena para traz outras implicações - avisou.


O treinador do Timão ainda revelou que o alvinegro planeja um trabalho diferenciado para o astro corintiano. Segundo ele, a contusão atrapalhou a preparação do Fenômeno para a estreia da Libertadores e um novo trabalho terá de ser feito.


- Ele estaria jogando neste perídodo, e os jogos dariam um ritmo importante para ele. Estávamos contando com estes jogos. Como não aconteceram, optamos por uma intensificação de trabalho fora de jogo, para prepará-lo para a estreia da Libertadores - concluiu.

Mano Menezes confirma voltas de R. Carlos e Marcelo Mattos!

Pela sétima vez em sete rodadas do Campeonato Paulista, o Corinthians terá uma equipe diferente para enfrentar o Sertãozinho, neste sábado, às 17h, no Pacaembu. Mantendo o processo para dar ritmo a todos os jogadores do elenco, o técnico Mano Menezes confirmou os retornos do lateral-esquerdo Roberto Carlos e do volante Marcelo Mattos. Já o meia Danilo ganhará folga.



- Vou ter o retorno do Roberto Carlos e vou iniciar com o Marcelo Mattos, que já era uma ideia programada para esse jogo. Dos jogadores que mais vinham jogando, por enquanto, só o Danilo não será relacionado – explicou o treinador.


Roberto Carlos entra na vaga de Escudero, enquanto Marcelo Mattos ocupa a vaga de Jucilei. Para o posto de Danilo, o treinador pode colocar Jorge Henrique, poupado na derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, quarta-feira, em Campinas. Caso isso aconteça, Dentinho e Iarley continuarão no ataque.


- Como não vou usar o Danilo, tenho a possibilidade de usar o Jorge pelo lado (esquerdo). Como taticamente ele cumpre bem essa função na retomada de bola, pode haver uma pequena alteração – acrescentou.


Outras prováveis trocas no meio-de-campo são o retorno do volante Elias e do meia Tcheco. Assim, Edu e Boquita, respectivamente, ficariam como opções no banco de reserva.

- Não estou fazendo testes. Apenas estou usando formações diferentes para dar ritmo a todos os jogadores – ressaltou Mano.



Na manhã desta sexta-feira, o elenco alvinegro participou de um treinamento recreativo, no Parque São Jorge. À tarde, o grupo entra em regime de concentração.


O Corinthians deve começar a partida com: Felipe, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Marcelo Mattos, Elias, Tcheco e Jorge Henrique; Dentinho e Iarley.